LITTERAEXPRESS

LitteraExpress n 619: Floriano Azevedo Marques o novo diretor da Faculdade de Direito do Largo So Francisco (USP)



16 de Maro de 2018









O sócio Floriano de Azevedo Marques Neto, tomou posse  na última segunda-feira (12/03), na função de diretor da Faculdade de Direito da USP. Em cerimônia realizada no Salão Nobre da faculdade, que contou com diversas autoridades do Poder Judiciário, servidores públicos, alunos e professores da Universidade de São Paulo, o novo diretor falou dos desafios de sua gestão e dos eixos de atuação que pretende imprimir nos próximos 4 anos. Em seu discurso, Floriano ressaltou seu compromisso com a diversidade e pluralidade, a intenção de inovar sem descuidar das tradições da São Francisco, a busca por novos mecanismos de gestão e de financiamento, a importância de tomar parte nos grandes debates nacionais e se comunicar com a sociedade, bem como no compromisso com a inovação e com a excelência. A íntegra do discurso pode ser acessada aqui


 


No mesmo dia, o jornal Folha de São Paulo publicou artigo onde Floriano Azevedo Marques Neto e o vice-diretor Celso Fernandes Campilongo abordam os desafios da São Francisco para contribuir para o desenvolvimento. Confira em ​https://www1.folha.uol.com.br/opiniao/2018/03/floriano-de-azevedo-marques-neto-e-celso-fernandes-campilongo-arcadas-nada-arcaicas.shtml


 


Novo Plano Mestre do Porto de Santos será disponibilizado para consultas e contribuições

*Nara Carolina Merlotto


No dia 22 de fevereiro foi apresentada a versão preliminar do novo Plano Mestre do Porto de Santos. O evento, voltado à exposição da metodologia de trabalho adotada e os resultados atingidos, representou um primeiro diálogo com os interessados.


O Plano Mestre é um instrumento de planejamento estratégico de Estado, elaborado pela Secretaria de Portos e voltado à unidade portuária, considerando as perspectivas da política nacional para o setor. Tem por escopo direcionar as ações, melhorias e investimentos de curto, médio e longo prazo no Porto  e  em  seus  acessos.


Embasada nas metas e estratégias previstas no Plano Mestre, a Administração Portuária deverá preparar o novo PDZ (Plano de Desenvolvimento e Zoneamento), que projetará as atividades do Porto sob um aspecto operacional.


A versão preliminar do novo Plano Mestre de Santos foi elaborada em parceria pelo Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil (MTPAC) e pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC). Trouxe um diagnóstico do Porto com enfoque em seis linhas gerais, a saber:


i.      previsão de demanda;


ii.     avaliação operacional;


iii.    acesso ao Porto;


iv.    meio ambiente;


v.     interação Porto-cidade e;


vi.    gestão da autoridade portuária.


Por meio do diagnóstico desse temário, foram expostas previsões e propostas metas de eficiência, organização e expansão portuária.


A versão preliminar do documento será disponibilizada para análise no site da Secretaria Nacional de Portos e estará aberta para contribuições da sociedade. Trata-se de oportunidade para colaborar com a formação das diretrizes que nortearão as atividades do principal porto do país.


 


 



 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 




voltar   voltar